BLOG

Pacientes que tocam o coração do médico

Dona Loló. Paciente de Divinópolis – MG

Olá pessoal!

Depois das festas estamos de volta. Espero que tenham sentido falta do nosso post semanal!

Hoje, reservo este espaço para homenagear uma paciente muito especial que desperta em mim um grande afeto: dona Loló.

Essa senhora linda, de cabelos brancos, pele lívida e olhos azuis relata há anos uma  “dorzinha”  nos joelhos, que a limita de ir às missas do Santuário.  E já há alguns anos vamos driblando a dor com remédios e procedimentos intervencionistas para ajudá-la já que a cirurgia não é mais possível, pelas primaveras já vividas.

Essa mulher é um poço de ternura e bondade. Sempre que posso, faço-lhe uma visita domiciliar bem no horário do almoço, para saborear aquele arroz, feijão, bife e salada que  a Maria do Carmo prepara com todo carinho e que só em Minas Gerais comemos…

Me surpreendi em nosso último encontro, vê-la com uma moto estacionada em sua sala. Sendo ela tão generosa, Deus mandou de Papai Noel esse presente em um sorteio do hospital São João de Deus de Divinópolis, instituição que ela religiosamente ajuda.

Tia Loló,  feliz ano novo! E não se esqueça (a memória já não é mais a mesma…) , me convide para a festa dos 100 anos. Ahhh…antes de encerrar meu último recado! Não pare de tocar piano!

JÁ VIU?