BLOG

Dor Crônica – como é percebida e tratada

Espero que tenham aproveitado bem o Carnaval!

Hoje compartilho com vocês um TED talk com exemplo prático bem interessante sobre como a dor é percebida por uma pessoa que sofre de dor crônica e como ela é tratada hoje. Lembrando que a dor crônica é aquela que é contínua ou recorrente com mais de três a seis meses de duração, podendo se tornar uma doença em si, com uma série de desdobramentos, que necessitarão de cuidados. A sensibilização à dor fica aumentada e o limiar de dor diminuída.

No geral a dor é um sintoma, mas, 10% das vezes pode se tornar crônica. No vídeo, pediatra e anestesiologista no Lucille Packard’s Children Hospital em Stanford, EUA, Dr. Elliot Krane, dá uma demonstração prática muito interessante da percepção de dor em uma pessoa que sente dor normal e uma pessoa que sofre de dor crônica. Por meio de ilustrações, ele mostra como a dor crônica ocorre e fala de tratamentos com analgésicos. Vale a pena conferir.

Aqui faço uma ressalva: vamos manter em mente que não é só tratar de aliviar a dor. É também necessário tratar a dor de forma multidisciplinar. No caso dela ser oriunda de uma doença, por exemplo, ou se tem co-morbidades, elas também terão de ser tratadas. A equipe multidisciplinar também aborda aspectos como os efeitos psicológicos, mentais, emocionais e espirituais.

No nosso arsenal num centro de dor, contamos ainda com os tratamentos analgésicos com bloqueios, radiofrequência e técnicas minimamente invasivas mais avançadas, a exemplo do estimulador medular.

Ainda esta semana publicaremos artigo com descrição do modelo de tratamento multidisciplinar do americano, Dr. John Loeser. Fique ligado!

Bom início da semana!!

JÁ VIU?