BLOG

Dr_Charles_Oliveira_com_pcte_bloqueio_dor_cancer

BLOQUEIO DO ESPLÂNCNICO PARA DOR DO CÂNCER DE PANCREAS

BLOQUEIO NEUROLÍTICO DOS NERVOS ESPLÂNCNICOS CONTROLA A DOR

Quando falamos de câncer, é sabido que 80% das pessoas terão dor em algum estágio da doença e que o controle da dor é possível quando instituímos intervenções adequadas.

Hoje divido com vocês a história do Sr. Márcio com quem tenho uma ligação quase familiar. Quando criança ele era vizinho de porta de meu pai e conhecia toda minha família. Nas últimas três décadas se tornou um exemplar motorista autônomo. Conduzia pessoas de Divinópolis a outras cidades – principalmente Belo Horizonte – seja para o aeroporto ou para uma consulta médica; levava carros para revisão; e até torcedores apaixonados para partidas de futebol.

Assim, ele serviu à minha família e a muitas outras. Eu e ele calculamos que somente para minha família dirigiu mais de 100 mil quilômetros. Inúmeras foram as idas a Campinas. Para mim, a viagem mais significativa foi no dia 17 de abril de 2004 levar minha então noiva à nossa cerimônia de casamento.

Na semana passada, em meu Whatsapp apareceram mensagens de Leandro, filho do Sr. Márcio, ” Meu pai está com câncer na cabeça do pâncreas.” “Tem como visitá-lo no hospital onde passou por uma cirurgia paliativa para controle da doença?”

Chegando ao hospital, me assustei muito, pois Márcio deve ter perdido uns 20kg. Queixava-se de muita dor e rigidez abdominal que lhe impedia até de ir ao banheiro. Sugeri um bloqueio neurolítico dos nervos esplâncnicos, explicando que este bloqueio anestésico pode proporcionar um alívo da dor por até 4 meses. O bloqueio foi realizado com sucesso no mesmo dia e foi dada alta hospitalar no dia seguinte.

Márcio, sinto por você a gratidão de um filho. Você prestou serviços a mim e à minha família nestes últimos 15 anos com a dedicação que lhe é particular. Fiquei muito feliz em poder lhe servir neste momento difícil, realizando um procedimento que com certeza lhe dará mais serenidade para encarar uma importante fase do tratamento. Coincidências ou não, isso aconteceu no dia 17 de abril quando completei 11 anos de casamento. Como já disse, você naquele dia conduziu Jane ao casamento e agora eu lhe conduzi a uma sala cirúrgica.

Que Deus lhe abençoe!

PROCEDIMENTO: BLOQUEIO ESPLÂNCNICO

Localizando os nervos esplâncnicos com intensificador de imagens.

Agulhas posicionadas.

Injeção de substância neurológica após contraste.

NOTA:

A imagem do Sr. Márcio foi publicado com a permissão dele e da família.

No dia 01 de março de 2016, Márcio partiu, na última viagem. Descanse em paz, amigo.

JÁ VIU?