BLOG

mundo_sem_dor_blog_no_portal_correio_popula_campinas

BLOG MUNDO SEM DOR AGORA NO PORTAL CORREIO

Olá leitores! A partir de agora escrevo também para o portal Correio, grupo de Campinas que integra o jornal Correiro Popular, entre outros. Sendo assim, faço uma pequena introdução dos objetivos meus e deste blog.

O assunto aqui são dores e seus tratamentos mais eficazes. E quem nunca a sentiu? Quando surge a dor, só quem a sente é que sabe o quão dolorida é…

Primeiramente, gostaria de me apresentar. Sou Charles Oliveira, médico especialista em dor, pai de um casal de gêmeos de sete anos, esportista não tão praticante desde 2008, ano que coincide com o nascimento das minhas crianças. Toda vida gostei muito de esporte e viagens de aventura. Na infância e adolescência meu esporte predileto era o judô. Jogava futebol com regularidade, mas era um jogador mediano. Quando meus amigos brincavam com meu (pouco) talento, justificava que meu problema era a miopia e não a falta de categoria. Foi quando percebi que não tinha outra alternativa senão estudar. Hoje pratico corridas de rua, porém sem o bom condicionamento de outrora. Nos meus áureos tempos, para listar algumas de minhas corridas, completei 23 meias maratonas (21 km) e duas maratonas (42km). Atualmente, provas de 10 km de distância são meu limite. Prometo que treinarei para melhorar!

Dr Charles Oliveira na Maratona de ParisMas a partir do momento que decidi me especializar na “medicina intervencionista da dor” as perguntas mais recorrentes em minha vida são diretas e objetivas:
– Você é especialista em dor? Como assim, doutor?

No Brasil esta área da medicina ainda é pouco conhecida, mas nos EUA e Europa os Centros de Controle da Dor já estão bem estabelecidos. Em Campinas sou membro do Singular-Centro de Controle da Dor, o primeiro centro brasileiro certificado pelo World Institute of Pain com o selo “Excellence Pain Practice Award” e assim, ajudo a transformar a cultura do tratamento da dor em nosso país. Mensalmente organizamos cursos com a presença de médicos de todas as partes do Brasil e sempre com a presença de professores convidados internacionais.

Em nosso país, segundo o Conselho Federal de Medicina (CFM), não existe ainda a Dor como especialidade médica, sendo considerada uma Área de Atuação para especialistas de diferentes áreas podendo ser Acupuntura, Anestesiologia, Clínica Médica, Fisiatria, Neurocirurgia, Neurologia, Ortopedia ou Reumatologia. Para os médicos interessados na área da dor, existe um exame a ser submetido, desde que cumpridos determinados pré-requisitos.

Para ajustar meu desejo em tratar as dores com os pré-requisitos exigidos pelo CFM, conclui residência médica em anestesiologia pelo Instituto Penido Burnier/Centro Médico de Campinas em 1995 e em 2002 fui diplomado na área de atuação em Dor pelo MEC. Já em 2007, certifiquei-me em Fellow em Medicina Intervencionista da Dor. Outro dia falarei sobre o que um médico intervencionista de dor realiza.

Bom, o objetivo desta coluna é trazer informações sobre atualidades no manejo das dores agudas e crônicas, dicas sobre prevenção das dores e alimentação saudável, entrevistas com personalidades brasileiras e estrangeiras que estão contribuindo para um melhor manejo da dor para a humanidade e muito mais. O critério para a escolha dos temas aqui publicados será a interatividade. Portanto, aguardo sugestões de temas pelo meu email: charles@singular.med.br.

Sou muito grato pelo convite do Correio Popular e no transcorrer dos posts seguintes abordarei também as motivações pessoais em lidar com o tema “dor”, trazendo este valor tão próximo do meu dia a dia.

Espero que vocês curtam este espaço. Publico aqui no mínimo um post por semana. Às quintas-feiras sempre um novo post estará no ar.
Até a próxima!

 

JÁ VIU?