DOR DO CÂNCER

A dor do câncer (dor oncológica) acomete 80% das pessoas em alguma fase da doença.

Causas

-Neoplasia (invasão tumoral, metástases ósseas, etc)
-Tratamentos oncológicos (quimioterapia, lesões pós-cirúrgicas, etc)
-Outras doenças (doenças degenerativas da coluna, úlceras perfuradas, etc.)

Tratamento farmacológico

Medicações são utilizadas respeitando a escada analgésica instituída pela OMS.

Bloqueios neurolíticos

Precocemente instituídos, reduzem o consumo de opioides e os efeitos colaterais relacionados a estas medicações, por exemplo, constipação intestinal, náuseas, vômitos.

Implante de bomba intratecal de fármacos

Reduz drasticamente o consumo de opioides e também reduz os efeitos colaterais dessas medicações. Indicado quando há uma sobrevida estimada em no mínimo 3 meses.

Radiofrequência dos nervos esplâncnicos ou Bloqueio Neurolítico do plexo celíaco

Ótimo alívio para dor do câncer de pâncreas/fígado ou da pancreatite crônica

 

LINKS RELACIONADOS

Opióide, fármaco topo da escada de controle da dor severa

Estimulado Medular permite controle da dor crônica

Milhões de pacientes com câncer ficam sem tratamento de dor

Bloqueio do Esplâncnico para dor do câncer de pâncreas

Farmacogenética – medicando sob medida

 

SUGERIMOS...