BLOG

Dor no Herpes Zoster

Tenho o prazer de publicar hoje no blog um post sobre o tratamento da dor no Herpes Zoster, escrito pela Dra. Karina Rodrigues Romanini Subi. Anestesiologista de formação, foi nossa primeira fellow de intervencionismo de dor do Singular e primeira mulher do Brasil a conseguir a certificação do FIPP. No Singular, continua abrilhantando nossas reuniões da clínica, participando da formação dos novos fellows e realizando atendimentos.

 Quanto mais rápido tratar a dor, melhor…

O tratamento da dor nos casos de herpes zoster tem por objetivo diminuir a severidade e a duração do desconforto na fase aguda e prevenir a neuralgia pós-herpética (NPH), geralmente definida como dor relacionada ao zoster que persiste após 1 mês do aparecimento das vesículas.

A incidência pode variar de 10% a mais de 50%, sendo que os principais fatores de risco são idade avançada do paciente e a intensidade da dor na fase aguda do zoster.

A qualidade de vida é em grande parte afetada, não só diretamente pela dor, mas também indiretamente, por fadiga e diminuição da mobilidade e isolamento social.

O objetivo do tratamento da dor deve ser deixar o paciente assintomático, sem dor alguma, desde a fase aguda da doença. Quanto mais crônicos os casos, mais difícil o controle dos sintomas.

dor no herpes zosterMesmo dores leves podem se tornar permanentes caso deixem de ser tratadas, ainda que apenas por algum tempo. Portanto, a abordagem da dor deve ser começada logo no início da queixa.

Para tratamento farmacológico, os antidepressivos tricíclicos e anticonvulsivantes são a primeira escolha (Amitripitilina, Nortripitilina, Gabapentina e Pregabalina).

O uso de opióides também pode ser benéfico, podendo-se optar por opióides fracos (Tramadol) ou fortes (Oxycodona, Metadona).

As doses devem ser tituladas conforme a tolerância do paciente, iniciando com doses baixas e aumentando gradualmente em alguns dias conforme permitirem os efeitos colaterais.

A polifarmacologia é mais indicada, uma vez que os efeitos sinérgicos possibilitam uso de doses menores e consequentemente menos efeitos colaterais, quando comparado à monoterapia. Lidocaína e capsaicina tópica também podem ser indicados.

O tratamento intervencionista deve ser uma alternativa considerada, principalmente nos pacientes com mais de 50 anos, devido à alta incidência de neuralgia pós-herpética, os procedimentos já devem ser indicados após uma semana de tratamento conservador mal sucedido.

Bloqueios peridurais e simpáticos são a primeira linha. Bloqueios seletivos de raiz, bloqueios intratecal, radiofrequência e eletroestimuladores são outras possibilidades no arsenal intervencionista.

Atualmente, o aperfeiçoamento das técnicas guiadas por imagem tornam essas opções seguras e atrativas tanto nos casos agudos de zoster, quanto no tratamento da NPH.

Com isso, a avaliação do especialista em dor com experiência em procedimentos intervencionistas deve ser precoce, ao contrário do que ocorre na prática, visando melhores resultados no tratamento.

Biografia Dra Karina Rodrigues Romanini Subi, médica anestesiologista e intervencionista da dor, membro da equipe Singular Centro de Controle da Dor

 

Referências:
1.van Wijc A. J. M., Wallace M., Mekhail N., van KleefM.Herpes Zoster and Post-Herpetic Neuralgia. PainPractice, Volume 11, Issue 1, 2011 88–97\
2.Mohamed Y. M., Yasser M. A., andYoussef E.B.. EffectofEarlyStellateGanglionBlockadefor Facial PainfromAcute Herpes Zoster andIncidenceofPostherpeticNeuralgia.PainPhysician: November/December2012; 15:467-474

 

 

27 Responses

  • jan 28, 2018

    Sabidamente ela nao deve tomar aspirina. Alguns anticonvulsivantes podem baixar as plaquetas também. Discuta com o médico dela suas duvidas e ele saberá orientar.

    Dr Charles Oliveira jan 28, 2018
  • jan 28, 2018

    Andressa, essa medicação citada somente esta indicada na fase aguda da doença, nos primeiros 10 dias. Depois desse tempo são instituídas outras medicações as quais devem ser discutidas com um medico presencial.

    Dr Charles Oliveira jan 28, 2018
  • jan 28, 2018

    Alguns bons amigos e médicos como Tiago Freitas, Igor Campbell Borges. Ambos são de Brasília.

    Dr Charles Oliveira jan 28, 2018
  • jan 28, 2018

    Rosemartins, eu iniciaria com um bloqueio do gânglio estrelado ( no pescoço) cujo intuito é aumentar o fluxo de sangue para região e observaria qual o tipo de resposta. Costuma ser muito bom para herpes zoster. Pode ser que haja necessidade de se repetir outras vezes. Há outras intervenções também podem ser realizadas

    Dr Charles Oliveira jan 28, 2018
  • jan 28, 2018

    Rosemartins, casos como o seu procuro fazer um bloqueio do gânglio estrelado ( fica no pescoço) para restaurar o fluxo sangüíneo para essa região. Após o bloqueio observa-se se há melhora da dor. Pode ser necessário novos bloqueios e outros tipos de intervenções mas assim iniciaria.

    Dr Charles Oliveira jan 28, 2018
  • nov 3, 2017

    Há médicos especialistas em dor em São Luis e recomendo que os procure.

    Dr Charles Oliveira nov 3, 2017
  • nov 3, 2017

    Ei Lenice. Não sei se pergunta sobre mim. Meu curriculum esta na plataforma Lattes. Sou anestesiologista, com área de atuação em Dor. Sou ex presidente da Sociedade Brasileira de Medicina da Dor (2016/2017) Sou professor na área de intervenção em dor tendo lecionado recentemente em Nova Iorque, Miami, Budapeste e Pretoria, além dos compromissos em nosso país. Também conduzimos cursos no Singular que é um centro de formação reconhecido em nosso país.

    Dr Charles Oliveira nov 3, 2017
  • Marcel Adipietro
    jan 3, 2016

    Dr. minha descobriu que esta com Herpes- zoster a dois dias mas esta com as manchas a 9 dias, não esta sentindo dor, é possível que não tenha dor?

    Marcel Adipietro jan 3, 2016
  • Dulce
    dez 7, 2015

    Tive Herpes Zortes recente.
    Não houve aparecimento de bolhas.
    Somente a dor interna e uma leve mancha vermelha na pele da Barriga.
    Fui medicada rapidamente.
    Tomei remédios de 4 em 4 horas por 7 dias. E continuo tomando remédio para dor.
    Aliás…essa dor é terrível.
    Não existe uma medicação; tratamento para melhorar nossa condição de vida????
    É uma dor/ queimação insuportável.
    Por favor, aguardo sua resposta.

    Dulce dez 7, 2015
  • Diamantino Sousa
    jun 27, 2015

    Boa noite,apareceram as bolhas em minhas costas e depois no meio do peito,apliquei a pomada Aciclovir juntamente com os comprimidos de Aciclovir mas sinto dores e estou preocupado,poderia me ajudar?

    Diamantino Sousa jun 27, 2015
    • set 4, 2015

      Diamantino, herpes zoster desaparece rapidamente. Porém 20% das pessoas persistem com dores crônicas e essas que nos preocupam. Isto chamamos de neuralgia pós herpética. Sugiro procurar ajuda especializada.

      Dr Charles Oliveira set 4, 2015
  • Dani
    jun 17, 2015

    Dr. Boa noite. Minha mãe está com zoster há mais ou menos 20 dias, na região lombar do lado esquerdo. Ficou internada, tomou morfina e agora está tomando gabapetina e metadona, porém ainda sente dores muito forte. Apesar de ser na região lombar a barriga dela tem um edema, esta bem inchado e a dor é grande. Isso é normal?

    Dani jun 17, 2015
    • set 4, 2015

      Dani, normal não é, porém é esperado em 20% das pessoas que tem herpes zoster, sofrer neuralgia pos herpética. Portanto, quanto mais precoce instituir tratamento melhor. Como não esta respondendo de forma satisfatória com medicações, sugiro bloqueio intervencionistas, minimamente invasivos.

      Dr Charles Oliveira set 4, 2015
  • Ana Claudia Pimentel
    jun 9, 2015

    Dr., minha mãe teve herpes zoster no nervo da cabeça do lado direito frontal, agora ela sente fortes dores no local, juntamente com a coceira. Sera que nela poderia ser feito tratamento com radiofrequência no local pra bloquei da dor? Ela tem 84 anos

    Ana Claudia Pimentel jun 9, 2015
    • jun 17, 2015

      Ana, com certeza que sim. Quanto mais precoce os procedimentos intervencionistas de dor são instituídos, melhores serão os resultados.

      Dr Charles Oliveira jun 17, 2015
  • Vera Lúcia Worobel
    jun 7, 2015

    Minha mãe teve herpes zoste a três mese atrás foi medicada e até agora ela sofre com fortes dore na região. Também sente muita fadiga, diminuição da mobilidade e isolamento social, por isso está acamada o que faço. Obrigada.

    Vera Lúcia Worobel jun 7, 2015
    • jun 17, 2015

      Procure imediatamente um médico intervencionista de dor para poder ajudá-la Vera. A dor crônica leva a depressão, ansiedade, fadiga, isolamento social.

      Dr Charles Oliveira jun 17, 2015
  • Marcos lira
    jun 1, 2015

    As medicações não estão fazendo mais efeitos, há mais de 10 anos minha mãe tem, onde posso encontrar este tratamento?

    Marcos lira jun 1, 2015
  • Marcos
    abr 8, 2015

    Meu pai se teve herpes zostes em abril de 2014, e ate hoje, quase 1 ano depois, sofre com as dores, vai ao médico toma gabapentina, porem a dor persiste… Existe algum outro tratamento q pode ser feito para a dor? Pois atualmente ele não sai mais de casa, pois sente muita dor para andar!! Obrigado!

    Marcos abr 8, 2015
    • jun 17, 2015

      Certamente que sim Marcos. A radiofrequencia pulsada nos gânglios das raízes dorsais correspondentes a área de dor são excelentes alternativas. Porém, quanto mais precoce o tratamento intervencionista é institutído, melhores são os resultados.

      Dr Charles Oliveira jun 17, 2015
    • ROSELI OLIVEIRA
      jan 22, 2016

      Oi.Por coincidência,eu tambêm tive em abril de 2014.Já tomei varios remedios,mas a dor persiste,eu não sei mais o que fazer com essa dor.só melhora quando coloco gelo,A noite a dor aumenta.Não vejo a hora dessa dor sumir de vez.

      ROSELI OLIVEIRA jan 22, 2016
  • mundosemdor
    mar 10, 2014

    Não. Somente aguardar o resultado. Já consultou urologista?

    mundosemdor mar 10, 2014
  • mundosemdor
    jan 20, 2014

    A dor do herpes zoster pode ser tão forte que deixa a pessoa incapacitada.Mas não a ponto de não se mexer.Herpes zoster no território do nervo trigêmeo (especificamente na região dos olhos-V1) é perigoso e pode causar sintomas neurológicos muito graves.

    mundosemdor jan 20, 2014
  • mundosemdor
    nov 28, 2013

    A coceira é uma forma de manifestação de dor. Em nossa clínica indicamos o bloqueio da cadeia simpática relacionada a área afetada ou outros tipos de intervenções. O quanto antes for realizado, minimiza os riscos de permanecer com a neurite pós herpética, a manifestação crônica da dor.

    mundosemdor nov 28, 2013
  • mundosemdor
    set 4, 2013

    Cleonice, a neurite pós herpética ocorre em um a cada 5 pessoas acometidas por herpes zoster. Portanto, mesmo já tendo vencido a doença, a dor persiste para muitas pessoas. O tratamento farmacológico é base do tratamento, sendo que bloqueios intervencionistas de dor podem ser instituídos para controle da dor. A eleição do bloqueio depende da região onde tem sentido dor. Exemplo de bloqueios que podem ser realizados são bloqueios nos gânglios simpáticos e posterior simpatectomia se indicado, bloqueios de nervos somáticos e em última instância colocação de eletrodo de estimulação medular.

    mundosemdor set 4, 2013

Deixe uma resposta