Saiba mais detalhes diretamente dos nossos pacientes sobre suas experiências na busca de reconquistar qualidade de vida através do controle da dor.

*Imagens, videos e citações foram autorizados por escrito.

Carta de Joana Monteiro

Joana chegou ao Singular tendo sofrido oito anos de dor crônica. Recentemente nos deixou uma mensagem de agradecimento com que ficamos muitíssimos satisfeitos e que queremos compartilhar com vocês leitores.

 

DOR CRÔNICA ALIVIADA

Na atualidade, praticamente não sinto nenhuma dor durante todo o dia. Reverti completamente meu estado de depressão. Voltei ao meu trabalho e já produzo a contento. E ainda, desenvolvi uma saudável rotina diária que pretendo levar para toda a vida…

Marcelo Ribeiro, 33 anos, pesquisador científico, Campinas-SP
depoimento marcio cientistaNo início de 2013 comecei a sentir dores constantes na região cervico-torácica. Não sabia as causas e muito menos o diagnóstico para aquele incômodo muscular que passou a ser diário. Com o passar do tempo a dor começou aumentar de intensidade e de duração. Parecia insuportável conviver com aquilo. Durante um ano e meio, passei por diversos médicos, fisioterapeutas, acupunturistas, osteopatas e quiropratas; sem contudo chegar a um tratamento eficaz ou, pelo menos, um diagnóstico preciso.

Foi então que, em julho de 2014, através de pesquisas pela internet, encontrei o “Centro de controle da dor – Clínica Singular”. Desde o início fiquei muito impressionado pelo tratamento e atenção recebidos. A amabilidade, respeito e atenção dispensados por todos os profissionais envolvidos é realmente impressionante. Todos te tratam pelo nome, sabem do seu caso, atentam-se para detalhes da sua condição, da sua medicação, etc.

Após esta excelente impressão inicial, também fui positivamente surpreendido pela abordagem multidisciplinar da dor praticada na clínica. Com o Doutor Charles Amaral, recebi explicações sobre o verdadeiro significado da dor crônica. Passei a entender como o quadro de dor crônica gerava irritabilidade, depressão, e criava um ciclo vicioso e progressivo de debilidade e aumento da dor. Também me foram dadas instruções a respeito da necessidade de trabalhar a dor crônica com fisioterapia, psicologia e intervenção medicamentosa.

Com o Doutor Rodrigo Vasconcelos, fisioterapeuta da Clínica, tive um ótimo acompanhamento para o fortalecimento muscular das costas indo em direção a um equilíbrio muscular que, a médio prazo, eliminava uma das grandes causas da dor. Em poucas semanas já pude notar uma significativa melhora do tônus muscular e consequente redução da dor.

Com o Doutor José Luiz Siqueira, psicólogo da Clínica, passei a ter sessões semanais nas quais, aos poucos, pude me conscientizar sobre a minha condição física e também sobre a maneira como determinados pensamentos e formas de interpretar o quadro de dor crônica reforçavam o ciclo da dor e inviabilizavam a minha melhora. Com uma abordagem plural e inovadora, unindo terapia cognitivo-comportamental com técnicas de meditação dentre outras, com diversos testes analíticos, quantitativos e qualitativos, recebi o último subsidio que faltava para a minha completa reabilitação.

Na atualidade, praticamente não sinto nenhuma dor durante todo o dia. Reverti completamente meu estado de depressão. Voltei ao meu trabalho e já produzo a contento. E ainda, desenvolvi uma saudável rotina diária que pretendo levar para toda a vida que inclui meditação, alongamento, caminhada e continuidade no fortalecimento e equilíbrio muscular.

Imensamente agradecido,

Marcelo Ribeiro

MANEJO MULTIDISCIPLINAR DA DOR CERVICO-TORÁCICA

A melhora começou a aparecer em alguns meses e a dor deixou de ser um problema para mim. Hoje me considero curada!

Maira L.A., 27 anos, advogada, Belo Horizonte

Quando conheci a clínica “Singular”, apresentava os sintomas da cefaleia tensional há cerca de dois anos. Já tinha consultado muitos médicos, de diversas especialidades, e praticamente todos os tipos de profissional da saúde, mas nenhum tratamento era eficaz.

Desde a primeira consulta com Dr. Charles fiquei extremamente satisfeita com sua conduta e de toda a equipe: o profissionalismo, a seriedade, a proficiência, o cuidado e uma visão global do paciente bastante diferenciada.

O diagnóstico e o tratamento foram primorosos, mesmo com acompanhamento à distância, por eu morar em outro estado. O tratamento foi marcado por muito amparo, disponibilidade e atenção do Dr. Charles, o que é essencial para o sucesso do resultado.

Durante todo o tempo foi muito comprometido com o tratamento, atendendo minhas dúvidas e demandas a qualquer momento.A melhora começou a aparecer em alguns meses e a dor deixou de ser um problema para mim. Hoje me considero curada!

Agradeço muito e parabenizo Dr. Charles pela excelente conduta médica, bem além da qualidade técnica, e também a toda a equipe, cada um dos membros da clínica, por lidarem com cada paciente com tanto respeito e responsabilidade. De fato, é uma equipe singular!

CEFALÉIA TENSIONAL RESOLVIDA

Já consigo dobrar o joelho. Agora não dói mais.

Dona M., 62 anos, autônoma, Divinópolis-MG

Dor no Joelho persistente dois anos após colocação de prótese no joelho. Na consulta de retorno quinze dias após o procedimento utilizando a técnica de bloqueio dos nervos geniculares com radiofrequência resfriada, Dona M. conta sobre sua evolução e estado atual.

No vídeo Dona M. conta sua história e sua experiência com o bloqueio.

DOR PERSISTENTE NO JOELHO TRATADA COM RADIOFREQUÊNCIA RESFRIADA

Estava todo travado, nem conseguindo falar direito…estava duro, sem conseguir mexer…doze horas depois, sem dor.

Márcio, motorista autônomo, Divinópolis-MG

Foi feito um bloqueio anestésico para alívio da dor oncológica. A técnica consiste da injeção de uma substância química no nervo esplâncnico para interromper os sinais de dor. O efeito dura aproximadamente quatro meses. Márcio se queixava de muita dor e rigidez abdominal que lhe impedia até de ir ao banheiro. No vídeo ele reconta sobre o bloqueio e seu resultado:

ALÍVIO DA DOR DO CÂNCER DE PÂNCREAS

Após poucos meses de tratamento e busca de diagnóstico complementar e/ou exato, conseguimos manter minha dor sob controle. Novamente, saí de minha cama, retornei ao trabalho e a prática de algumas atividades como: andar, até nadar uma vez por semana e outras atividades até então impossibilitadas pela dor.

ANDERSON CZAIKOWSKI, Policial Civil, Paranaguá-PR

É difícil mensurar minha satisfação atual, assim como era difícil suportar tanta dor e sofrimento pelo qual passei quando do início de meu tratamento junto à Clínica Singular, em especial pelo atendimento prestado pelo Dr. Charles.

Nenhuma patologia causadora de dor crônica, nem mesmo considerada por si, é de fácil tratamento. A minha não podia ser diferente, com a agravante de um diagnóstico desafiador para qualquer profissional da medicina.

Quando procurei pelo Dr. Charles, já havia consultado com mais de 20 médicos das mais variadas especialidades, inclusive oncologista, e após longos meses, senão anos, de desespero, descrença, raiva, e muita dor, tive, inicialmente, um diagnóstico de neuralgia do pudendo e dor crônica miofascial.

Mesmo com este diagnóstico, sentia que minha dor, naquela época nível 8, às vezes 9, deveria ter mais alguma causa, uma vez que após muita pesquisa e leitura sobre esta patologia, percebia que meus sintomas não se enquadravam totalmente neste diagnóstico. Claro que poderia estar errado, não sou médico, mas poucos médicos conhecem melhor os sintomas do que o próprio doente.

Então enviei um e-mail ao Dr. Charles relatando meu caso, meu desespero, meu diagnóstico inicial, sendo correspondido e marcando na sequência uma consulta.

Nesta época não estava mais trabalhando, já havia deixado a prática de esportes de lado, não sentava e ficava quase o dia todo deitado, sendo que até para eu digitar tinha de fazê-lo deitado de lado.

Por passar por muitos profissionais, alguns especialistas em dor, pude comparar o atendimento prestado pelo Dr. Charles, e por todos os profissionais de sua equipe, e quando digo todos, me refiro a todos mesmos desde as atendentes até aos renomados médicos que ali prestam serviço, e vislumbrei o motivo pelo qual a clínica chama-se Singular.

O tratamento prestado é “ Singular”, pois o profissionalismo, o respeito ao paciente, e a humanidade no atendimento o faz realmente único.

Assim, iniciei meu tratamento com o Dr. Charles e sua equipe multidisciplinar, pois além da dor, encontrava-me com uma depressão severa.

Após poucos meses de tratamento e busca de diagnóstico complementar e/ou exato, conseguimos manter minha dor sob controle. Novamente, saí de minha cama, retornei ao trabalho e a prática de algumas atividades como: andar, até nadar uma vez por semana e outras atividades até então impossibilitadas pela dor.

Sob o tratamento da Dr. Gabriela de Lima Freitas e o Dr. José Luiz Dias Siqueira, consegui vencer a depressão severa a qual na época parecia imponível.

Sei que meu caso, assim como a clínica, é singular, e por assim ser, minha luta diária contra a dor continua e meu tratamento também, ressaltando que agora sei que posso continuar e sei que posso contar com o Dr. Charles e toda a sua equipe, pois eles não medem esforços para ajudar mesmo quando é preciso a intervenção de terceiros.

Por fim, quero agradecer de coração ao Dr. Charles e a toda a sua equipe, além das enfermeiras Raquel e a Silvia, incluindo o Dr. Tiago, Dr. Nucélio e demais médicos brasileiros e estrangeiros, bem como a todos os profissionais da clínica, ou que por esta, me trataram, pois como supra mencionado, todos fazem esta clínica “Singular”.

Muito obrigado,

Anderson Czaikowski

NEURALGIA DO PUDENDO E DOR CRÔNICA MIOFASCIAL Policial Civil

 

Não precisa conviver com dores.
Conheça os principais tratamentos de dor disponíveis. Confira