Tratamento da dor com Radiofrequência – como é feito

23 set

O que é radiofrequência? São ondas de rádio usadas para realizar tratamentos. Estas ondas são as mais baixas no espectro eletromagnético e se propagam em uma corrente elétrica alternada com frequência de 500 000 Hz.

Radiofrequencia Convencional (RFC) – neste procedimento, a onda emitida é contínua e calor é formado pela passagem da corrente pelos tecidos. O calor gerado provoca um desarranjo na função da área submetida à lesão térmica. Também conhecido por RF lesionado ou ablativo, é feito sob anestesia local, com opção do uso de um sedativo leve.

Radiofrequencia Pulsada (RFP) — as ondas geralmente são pulsadas em 2 ciclos de 20 millisegundos cada, seguido de uma pausa durante o qual o tecido esfria. Por ser pulsada, a temperatura se mantém baixa e o alívio da dor é atingido somente pela ação da RF sobre o tecido-alvo. Quando o tecido em torno do eletrodo é exposto ao campo elétrico, as sinapses nervosas são moduladas, ao contrário da destruição do nervo que ocorre quando a temperatura é elevada. O efeito modulatório desta técnica permite que seja usada em regiões onde antes não era possível. Também conhecido como Radiofrequência Pulsátil, o paciente não precisa de anestesia.

Considerações:

– Como a ponta do eletrodo (a ponta ativa) é a área onde tem maior calor tissular, seu design correto e posicionamento adequado são importantes para o médico realizar a lesão térmica no tamanho desejado.

– Abaixo de 45ºC os danos ao tecido são reversíveis.

– Estas técnicas têm um efeito seletivo sobre as fibras nervosas, reduzindo a dor nas áreas alvejadas, porém, deixam intacta sua capacidade sensorial porque preservam as fibras de grande calibre. Em outras palavras, a pessoa não deixa de sentir, nem sofre nenhuma alteração motora, apenas não sente dor.

– Diferentes tecidos geram diferentes resistências à corrente alternada, que é chamada de impedância. Esta é influenciada principalmente pela condutividade e vascularização do tecido.

Este tratamento é minimamente invasivo e indicado quando o tratamento conservador não funciona. Também é alternativa a tratamentos mais invasivos como a cirurgia. Trabalhando com alvos selecionados, é seguro e eficaz no manejo da dor, sem contar que tem baixo índice de complicações e efeitos adversos e rápida recuperação pós-operatória. Sempre deve ser realizado por profissionais capacitados e bem treinados.

Atualizado em 12/02/2014

  • Alice

    Tenho há sete anos,dor no osso do púbis que me vai dos adutores aos joelhos e não há maneira de
    arranjar tratamento. por favor ,que me responda ?

  • mundosemdor

    Existe a aplicação da corrente de radiofrequência para tumores de fígado. Porém é um outro gerador de radiofrequência, não sendo o mesmo que utilizamos nocontrole da dor. Em dor ele é utilizado sim no tratamento da dor do câncer, podendo fazer a ablação ( queimadura) dos nervos esplâncnicos por exemplo, que transportam as informações de dor de um câncer de fígado, pâncreas, estômago, colo ascendente e transverso do intestino. Esse é um exemplo entre tantos de como pode ser aplicada a corrente de radiofrequência no tratamento da dor.

    Sobre o combate ao câncer especificamente, sugiro consultar um oncologista.

  • mundosemdor

    A radiofrequência está indicada para problemas de coluna principalmente. Não há indicação no seu caso. Você precisa de um bom diagnóstico. Após tantas endoscopias sem esclarecimentos, é boa conduta buscar ajuda com psicólogos e psiquiatras já que pode estar com um problema psicossomático gerando todas essas dores.

  • mundosemdor

    Sim. A radiofrequência pode ser utilizada para o tratamento da dor do herpes zoster, associada a tratamento farmacológico.Isso depende da área afetada.
    Médicos intervencionistas de dor e neurologistas são os mais aptos a tratar essa dor crônica. Na fase aguda, os dermatologistas e infectologistas também.

  • mundosemdor

    Discos degenerados podem ser motivo de dor discogênica. A forma mais eficaz de definir se essa dor é discogênica é realizando uma discografia provocativa. Porém esse procedimento pode gerar uma discite (infecção do disco).
    O procedimento a ser realizado com uma discografia provocativa positiva é uma radiofrequência intradiscal (Transdiscal, Diskit). Também a radiofrequência do gânglio da raíz dorsal de L2 é bastante aplicada.

  • mundosemdor

    Por se tratar de um nervo misto, o nervo pudendo tem fibras sensitivas e também motoras. Essas fibras motoras inervam o músculo elevador do ânus assim como o esfíncter externo do ânus. Portanto, uma lesão térmica deste nervo não é uma boa escolha, recaindo sobre a minha preferência, a radiofrequência pulsada.

  • mundosemdor

    As hérnias discais costumam reduzir-se espontaneamente em um período de 8 meses. Especificamente sobre sua pergunta, a radiofrequência pulsada (aplicada junto ao gânglio ou gânglios das raízes dorsais correspondentes) reduz a dor permitindo o transcorrer desse período necessário para uma alta resolução. Outras ótimas técnicas podem ser aplicadas como descompressão discal (nucleoplastia), desde que a hérnia tenha características específicas para este tipo de procedimento ( leia sobre hérnia contida). Cirurgias minimamente invasivas por endoscopia também tem sido realizadas com sucesso (reservo essa indicação para falha em outros procedimentos supostamente mais simples). Porém há situações urgentes que a cirurgia não pode ser adiada como perda do controle de esfincteres anal ou urinário e déficit motor progressivo.

  • mundosemdor

    Nas bases do conhecimento atual não. Os resultados que demonstram melhor eficácia da aplicação da corrente de radiofrequência estão diretamente relacionados à maior proximidade do alvo desejado.

  • Borges Lock

    Qual o preço,e qualquer pessoa pode usá-lo?

  • conceição

    Minha mãe tem artrose cronica nos joelhos,quase não anda por causa da dor,será q esse tratamento será bom para ela?

  • Julia Pfbender

    quero saber o preço 

  • Katia de Toledo

    Gostaria de saber se radiofrêquencia pode alterar o labirinto qdo aplicada no rosto?????? 

  • Mundo sem Dor

    Bom dia Cirlene, mais informações pelos telefones: (19) 3251.2312 ou (37) 3222-9063. Agradecemos seu interesse.
    Abçs,
    Equipe Mundo sem Dor

  • Cirlene-vitorino

    quero saber o preço

  • Pingback: Disfunção sacroilíaca | Mundo Sem Dor()

  • Pingback: tratamento de dor de cabeça com radiofrequência | Mundo Sem Dor()

  • Pingback: RFP – Tratamento de ponta no alívio da dor | Mundo Sem Dor()