AS 5 LIÇÕES DO NOBEL DE MATEMÁTICA PARA FISIOTERAPEUTAS

14 ago

AS 5 LIÇÕES DO NOBEL DE MATEMÁTICA PARA FISIOTERAPEUTAS

Trabalho com o Rodrigo Vasconcelos desde que abrimos o Singular em 2009. Rodrigo dedica um dia de sua semana conosco no Singular e os demais no Instituto Wilson Mello. Ao longo desses anos pude ver quão dedicado é à fisioterapia, principal motivo pelo qual se tornou um líder e referência para seus colegas, angariando admiração e respeito de toda comunidade médica. Atualmente trabalha em seu pós-doutorado e orienta futuros mestres. Com essa bagagem, com propriedade, traz-nos reflexões sobre sua profissão, postadas em seu facebook. Com sua permissão, reproduzo aqui.

AS 5 LICÕES DO NOBEL DE MATEMÁTICA PARA FISIOTERAPEUTAS
texto de Rodrigo Vasconcelos

Sempre é importante observarmos exemplos de “Outliers” ou seja pessoas fora da curva em suas funções ou profissões para motivarmos a alcançar objetivos. Fiquei muito feliz com a vitória deste jovem rapaz Artur Ávila e lendo suas matérias fiz uma breve reflexão do que tirar da História magnífica deste rapaz para nossa profissão.

1- Começo com um pouco de fantasia, pois nosso cerebro adora fazer associações simples tipo 2 + 2 = 4, mas olha que interessante o que o ÁVILA estuda: Sistemas Caóticos Dinâmicos. Se você trabalha com terapia manipulativa, osteopatia e quiropraxia, deve estar tendo delírios neste momento. Imagina se este cara fosse Osteopata ou fascinado por Fascias. Muito legal o que ele diz:

” Dentre esses sistemas, uma classe importante são os sistemas dinâmicos caóticos. Na linguagem coloquial, caos está ligado a idéia de desordem completa, mas, na matemática, trata-se de um termo geral para processos com extrema sensibilidade às menores perturbações, em que pequenas alterações na situação inicial provocam modificações dramáticas na evolução do sistema. O exemplo clássico é do bater de asas de uma borboleta no hemisfério Sul que multiplica-se e acumula-se, influenciando a ocorrência de uma tempestade no Japão.”

2- FAZER O QUE SE GOSTA : em entrevista anterior ao publicado na Terra, Ávila diz não se considerar um gênio. O segredo, segundo ele, está em fazer o que se gosta. “Eu vou conhecendo tão bem os problemas, que me sinto muito motivado em resolver aquilo que não consigo entender, em quebrar essa barreira. Eu acho isso muito importante, estar motivado. Acho que é isso que faz a gente se dar bem no trabalho, a ter reconhecimento e até ganhar prêmios. Se você não se interessar realmente pelos objetos com os quais trabalha, não vai a lugar algum”, completa.
Minha dica – Este recado é destinado a clínicos, lógico, mas também a mestrandos e doutorandos : escolha como tema de sua tese um assunto pelo qual você é apaixonado. Não escolha o primeiro orientador que lhe der vaga. Ao fazer somente pelo título, sua vida vai se transformar em um inferno. Não vale a pena.

3- DEDICAÇÃO EXTREMA. Não ache que o ÁVILA É GÊNIO SOMENTE e foi com um estalar de dedos que o prêmio chegou as suas mãos. Ele seguiu a teoria dos 10 anos necessários para tornar-se um expert no que faz. Fez graduação, mestrado, doutorado e pós doutorado. Segue aqui o relato de seu orientador no Doutorado : Artur não é só um jovem brilhante, mas também extremamente dedicado”, diz Welington de Melo, pesquisador do Impa, que orientou o doutorado de Avila. Artur pegou a bagagem que acumulou no Impa e foi além. Ele é muito produtivo, tem grande capacidade de concentração e não faz nada que não seja profundo – elogia. Ou seja, mesmo com uma inteligência muito acima da média, a dedicação e sacrifício para o sucesso sempre será um mantra para a vitória.

4-FOCO. Ávila mesmo sendo um Gênio viu que para atingir seu objetivo de carreira, optou por não dar aulas, mas sim focar em pesquisa para provar as teorias no qual trabalha. Em nossa área, é primordial para se conseguir um lugar ao sol, o recém formado não fazer cursos de estética, respiratório, terapia manual, reabilitação de joelho etc.. Você afinal é bom em que ???? Tenha foco, disciplina e metas traçadas.

5- O ÚLTIMO E MAIS IMPORTANTE – A HUMILDADE. “O anúncio me surpreendeu. Eu não esperava ter chances em 2014 (…) Minha reação inicial foi mais de alívio que de outra coisa, já que o prêmio agora significa que não vou ter de passar por mais quatro anos de pressão. Quando comecei como matemático, nem pensava nesse tipo de prêmio. Mas, desde 2008, começou a se falar nessa possibilidade e ficou impossível ignorar”, disse Avila, em comunicado divulgado pelo Impa. “O que eu mais queria (e continuo querendo) é fazer matemática da mesma maneira que no início. Por exemplo, escolhendo tópicos em que trabalhar por considerá-los atraentes, em vez de pensar em termos do reconhecimento que eles possam trazer.”

Que este exemplo motive todos nós !

BIO DR. RODRIGO VASCONCELOS


HERNIA DE DISCO?

30 jul

Dr. Charles Oliveira entrevistado pela Rádio CBN

Ao longo da semana passada, em uma série de entrevistas curtas à Rádio CBN Dr. Charles responde a perguntas sobre a hérnia de disco, condição que acomete milhões de pessoas ao redor do mundo.

Hérnia de Disco - IntroduçãoDr Charles Amaral de Oliveira

Hérnia de Disco 1 - Descrição e anatomia

Hérnia de Disco 2 - Local mais comum, quem corre mais risco

Hérnia de Disco 3 - Diagnóstico e opções de tratamento convencionais e intervencionistas

Hérnia de Disco 4 - Quando se usa técnicas intervencionistas

Hérnia de Disco 5 - Consequências do não tratamento

 


Médicos intervencionistas na copa do mundo

16 jul

Médicos intervencionistas na copa do mundo

A conquista da copa do mundo pela Alemanha  foi justa. Nenhuma equipe apresentou tributos tão consistentes como a  equipe alemã. Além do ótimo futebol apresentado, esbanjaram simpatia e carisma por onde passaram. Hoje, já de volta à Alemanha, estamparam uma grande faixa em português: obrigado fans.

Como quase todos os brasileiros eu não estava interessado na Copa até ela começar. Sentia tristeza pelas noticias de superfaturamento de obras, mandos e desmandos da FIFA, e a construção de estádios que não servirão para prática de futebol em estados onde o futebol não é atrativo. Por isso, não me frustrei por não ter sido sorteado para adquirir ingressos pelo site da FIFA. Mas quando a bola rolou, senti vontade de ir a algum jogo, de qualquer seleção.

Pouco sabia que uma surpresa me aguardava. A vida associativa dos médicos intervencionistas de dor é intensa; sempre que possível nos ajudamos muito. Um desses colegas, Jan van Zundert, um belga referência mundial em medicina baseada em evidências, conseguiu ingressos para vir ao Brasil. Ajudei-o então a desenvolver um roteiro pelas terras brasileiras, junto com Débora, minha ótima agente de viagens da Portal Turismo.

Dois dias antes do jogo Brasil vs. México, na cidade de Fortaleza, van Zundert me telefona dizendo que estava com um ingresso sobrando pois um de seus amigos não pôde vir.

Inicialmente declinei o convite, alegando que estava com atendimentos agendados, além da dificuldade de passagens. Ele disse para eu refletir: jogo de Copa do Mundo, no Brasil e do Brasil. Isso me deu um frio na barriga. Consultei então minha esposa, ainda em dúvida, e ela respondeu assertivamente: vá!

MSD_copa_doutores

MSD_copa_charles_oliveira

Consegui passagem aérea a preço de copa ($$) saindo no dia seguinte de São Paulo às 23 horas (de Campinas já havia esgotado) e fui! Que bela experiência! Ver uma torcida mexicana agitar mais o estádio que o triplo dos brasileiros presentes em um clima de completa harmonia. A surpresa maior veio na forma da área de hospitalidade, onde estava disponível comida e bebida à vontade 3 horas antes do jogo e até 2 horas depois. São momentos que, se não são vividos não fazem falta, mas quando usufruídos, nos geram recordações para toda a vida.

No dia seguinte ao jogo, tivemos tempo par ir a alguns pontos turísticos do Ceará. Dali, meus companheiros seguiram para Manaus e eu retornei a Campinas.

MSD_copa_drs_fortaleza

Me convidaram para o jogo da Bélgica no Maracanã no domingo seguinte mas agradeci; já estava feliz com o que havia vivenciado com eles na Copa do Mundo do Brasil.

Todos os turistas com quem conversei levaram uma ótima impressão da hospitalidade brasileira e referiram vontade de retornar quando possível. Mérito de todos os brasileiros e não de nossos políticos.

Vencer ou perder faz parte do jogo. Agora nós brasileiros iniciaremos uma nova copa, esta em novembro, quando elegeremos novos governantes para nosso país. Não podemos ser indiferentes em relação ao descaso que vem sendo tratada a saúde, segurança, educação, o superfaturamento de obras e a impunidade do colarinho branco.

Ainda agora foi aprovada a lei da palmada, uma lei que vai contra todas as  famílias brasileiras onde não se pode mais dar palmadas corretivas nos filhos; uma lei que viola as leis bíblicas. Nas urnas, sem qualquer tipo de vandalismo, cada um de nós poderá fazer a diferença, rejeitando com o voto aqueles que tratam o dinheiro público com descaso. O Brasil merece o melhor!


A fratura de Neymar

7 jul

A fratura de Neymar

O assunto mais comentado nas resenhas esportivas e redes sociais após o jogo de Brasil e Colômbia, mais que a classificação para as semifinais da copa, foi a fratura do processo transverso de L3 do jovem craque brasileiro, Neymar.

Baixa importante para esses jogos decisivos, porém mais importante que o ídolo estar em campo é sua completa recuperação física.

No dia de ontem, foi dito pela imprensa que Neymar poderia ser submetido a um bloqueio de controle da dor e ter condições físicas para uma possível final no dia 13 de junho de 2013.  Esta possibilidade já foi descartada pelo Dr. Runco, médico ortopedista coordenador da seleção brasileira de futebol, com a qual concordamos sem termos acesso às imagens da ressonância nuclear magnética/tomografia. (mais…)